ADMINISTRAÇÃO

TÉCNICO EM MARKETING

O Ensino Médio Técnico ou Ensino Médio integrado à Educação Profissional (duração de 3 anos) é uma forma de fazer o Ensino Médio (formação básica) junto com a educação profissional (formação técnica), um atalho para os alunos que tem pressa em ingressar no mercado de trabalho.

O Ensino Médio (formação básica com 3 anos de duração) da Fortec prepara o aluno para o ENEM e permite o ingresso nas melhores Instituições de Ensino Superior do país.

 
 

Área de Atuação

  • Indústrias e/ou comércios em geral

  • Empresas de telemarketing e de publicidade

  • Empresas de marketing digital

  • Start-ups da área digital

Certificação intermediária : Auxiliar Administrativo / Assistente de Marketing Digital

Disciplinas Específicas: Fundamentos de Marketing / Empreendedorismo / Gestão Empresarial / Estatística e Métodos Quantitativos / Informática Aplicada / Atendimento ao Cliente e Direitos do Consumidor / Comportamento do consumidor / Planejamento de Marketing / Legislação de Mercado / Gestão da Qualidade / Marketing Internacional / Marketing Digital / Marketing de Relacionamento / Marketing Empresarial e Varejo / Vendas Diretas e Telemarketing / Técnicas de Propaganda e Publicidade.

Download Ebook:

  • Projetar e implementar planos de marketing.

  • Desenvolver projetos de comunicação, fidelização de clientes e relação com fornecedores ou outras entidades.

  • Desenvolver, implementar e gerenciar estratégias de marketing digital.

  • Operacionalizar apresentação dos serviços e produtos no ponto de venda.

  • Elaborar estudos de mercado.

  • Realizar análises de vendas, preços e produtos.

INFORMÁTICA

Unidades e horários

• Período das aulas: Manhã ou Noite
• Horário de Aula: das 7h30 às 13h35 e das 18h45 às 23h

Proposta Pedagógica

Este é o momento do aluno consolidar sua personalidade e decidir o futuro profissional. É uma etapa da educação que deve estar afinada com a contemporaneidade, com a construção de competências básicas e com o aprimoramento do aluno como pessoa, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico.

No Ensino Médio da Escola Fortec, o aluno aprende novas habilidades e acompanha as constantes mudanças que caracterizam a produção no nosso tempo. Atividades de pesquisa, trabalho em conjunto, competência comunicativa, aprendizado colaborativo e participação em projetos sociais são exemplos de uma formação crítica, ética e empreendedora que o aluno da Fortec recebe para o desenvolvimento de suas competências, para continuar aprendendo, de forma autônoma e crítica, em níveis cada vez mais complexos de estudos.

Mais do que cumprir requisitos escolares, o aluno é levado a empregar o conhecimento adquirido para enfrentar situações do dia-a-dia.

No Ensino Médio da Fortec nos preocupamos também em oferecer preparação e orientação básica para o desenvolvimento de competências que lhe garantam uma escolha profissional acertada.

O mundo contemporâneo sofre os efeitos de uma nova revolução tecnológica (a revolução da microeletrônica) que traz no seu bojo consequências radicais para o mundo da escola.

A verdade é que as mudanças no mundo do trabalho (com a superação do paradigma fordista, onde os trabalhadores executavam um trabalho em migalhas, parcelado e repetitivo) obrigam todas as instituições a se repensarem.

A proposta e objetivo do ensino técnico visa formar trabalhadores integrados em equipes, capazes de desenvolver pensamentos complexos, com elevada dose de abstração, com iniciativa e responsabilidade para decidir. As novas matrizes empresariais e produtivas se distanciam daquela imagem representada por Charles Chaplin em “Tempos Modernos” que mostra o trabalhador como apêndice vivo da máquina, tal como Marx descrevera há mais de um século. As habilidades fundamentais não são somente as habilidades específicas ligadas ao domínio técnico de um ofício qualquer, mas também estão incluídas as habilidades básicas, como domínio de Português, Inglês, Matemática e Informática.

O objetivo dos cursos técnicos é ensinar os alunos a aprender, como estratégia adaptativa a um mundo que muda com a velocidade do giro de um caleidoscópio. Somente uma sólida formação em conhecimentos básicos poderá, portanto, instrumentalizar nossos estudantes para um futuro mais seguro e com menor nível de apreensão.